"Deus não faz acepção de pessoas." (At 10:34)
EDUCADOR E PALESTRANTE
Na luta por uma educação inclusiva de alunos com transtorno do espectro autista.
Textos
A Cultura dos Professores: necessidade de mudança
          Na contra-capa de meu livro "A Arte da Guerra para Professores", no final, está escrito que a cultura dos professores precisa mudar. E, fazendo palestras em escolas públicas e particulares, tenho observado que esta é uma das tarefas mais difíceis para melhorar a Educação no Brasil.
          A fisionomia dos professores denuncia os seus pensamentos e emoções enquanto falo: alguns sorriem, irônicos; muitos torcem o nariz; alguns balançam a cabeça negativamente; e o pior, vários se retiram do recinto. Poucos sorriem satisfeitos e concordantes. Por quê? Qual o motivo de tais atitudes? Há duas hipóteses a serem levadas em consideração: a primeira, a de que boa parte dos que se encontram nas salas de aula ali estão por conveniência, em busca de um emprego, por falta de opção; a segunda, a de que a maioria relutam e resistem com unhas e dentes em refletirem sobre seu papel como profissional da Educação, interiormente, e sobre o papel da classe e a sua atuação diante dos problemas enfrentados no dia a dia nas escolas, alguns relacionados às políticas públicas dos governantes.
          Além de ser uma classe extremamente desunida, encontramos nas escolas muitos (principalmente mulheres) querendo derrubar colegas para ocupar seu lugar, impedem outros de ocuparem determinadas posições, inclusive e assumir o cargo efetivo por ter passado em um concurso público. São atitudes mesquinhas e baixas que grassam em muitas escolas desse país continental. Coisas que jamais deveriam ocorrer com profissionais da Educação.
          As greves geralmente trazem conseqüências sérias tanto para os professores quanto para a Educação. Por serem desunidos, fazem com que a classe se torne ainda menos valorizada diante da sociedade, desacreditada, criticada. Os alunos perdem, os professores perdem, a sociedade perde, a Educação e o país perdem.
          A classe de professores somente será valorizada e conquistará um espaço digno quando parar para refletir séria e honestamente sobre suas atitudes, conceitos, preconceitos, e deixarem de lado tantas picuinhas que servem de piada; quando parar de murmurar, de reclamar, e passar a agir com seriedade e perseverança. No mais, tudo vai continuar de igual a pior.
Maurício Apolinário
Enviado por Maurício Apolinário em 09/07/2007
Alterado em 16/01/2008
Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
"Discriminação e exclusão velada de alunos com transtornos mentais não podem existir em nossas escolas." (Prof. Maurício Apolinário)
..Simplesmente namorada Maurício Apolinário R$ 12,90
.A Arte da Guerra para Professores - 1ª ed. Maurício Apolinário R$ 15,90
.Bolinha, meu coelho Maurício Apolinário R$ 15,00
.Limites na sala de aula: emoções, atitudes e... Maurício Apolinário R$ 17,90
.Um prato de comida Maurício Apolinário R$ 15,00
A Casinha de Clarinha Onã Silva R$ 21,00
A derrota de Penina Onã Silva R$ 31,50
A Literatura das Mulheres da Floresta Autores diversos R$ 30,00
A Quadradinha de Gude Onã Silva R$ 10,90
A quadradinha de gude - 2ª ed. ampliada Onã Silva R$ 27,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
https://www.facebook.com/pages/Cuidarte-Livros-e-artigos-liter%C3%A1rios/334396023412336?ref=hl