Gerente de Projetos Educacionais - Palestrante
 R  E  V  I  S  O  R
 Revisor gramatical de teses, dissertações e livros
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

A falta que ela faz
        O título deste artigo lembra a crônica de Fernando Sabino. Mas aqui não me refiro à empregada doméstica – ainda que aqui em casa esteja fazendo uma falta danada nestes dias de férias –, e sim à vírgula. Isso mesmo! Eu me refiro a esse pequeno sinal gráfico de pontuação, tão desprezado por muitos na escrita, e que erroneamente dizem ser uma pequena ou ligeira pausa respiratória na leitura. Bem, deixemos as definições e as controvérsias gramaticais, e vamos direto ao assunto aqui proposto.

A ausência ou a presença da vírgula em uma frase pode mudar completamente o seu sentido. E pode até salvar vidas. Lembro-me daquela piada do súdito que pichou um muro com carvão, foi preso e sentenciado, mas salvo pela vírgula: “Matar o rei não, é crime”. Na pressa de realizar essa porcaria chamada pichação, ele havia se esquecido da bendita orelhinha.

Revisando um texto, deparei-me com a seguinte frase: “Pelo ato de comer as pessoas exercem de alguma forma o seu pertencimento social”. Pensei logo em se tratar de um caso de antropofagia. Mas não era. Faltava uma vírgula; três, para ser mais preciso. Aqui temos uma oração na ordem inversa, não iniciada pelo sujeito, mas por um termo circunstancial. Daí a necessidade da vírgula após o verbo ‘comer’: “Pelo ato de comer, as pessoas exercem...”. Mudou completamente o sentido da frase, não é mesmo? As outras duas vírgulas também separam outro termo circunstancial, que se encontra entre o verbo ‘exercer’ de seu complemento: “... exercem, de alguma forma, o seu pertencimento social”.

Virgular bem um texto, portanto, é de fundamental importância.
Maurício Apolinário
Enviado por Maurício Apolinário em 31/12/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

"Uma escola relevante é uma escola que contribui com a transformação da comunidade na qual está inserida." (Prof. Maurício Apolinário)
..REVISÃO GRAMATICAL DE TEXTOS Maurício Apolinário
.A Arte da Guerra para Professores - 1ª ed. Maurício Apolinário
.Bolinha, meu coelho Maurício Apolinário
.Limites na sala de aula: emoções, atitudes e... Maurício Apolinário
.Simplesmente namorada Maurício Apolinário
.Um prato de comida Maurício Apolinário
A derrota de Penina Onã Silva
A Literatura das Mulheres da Floresta Autores diversos
A Quadradinha de Gude Onã Silva
A quadradinha de gude - 2ª ed. ampliada Onã Silva
Anjinho minho... mãezinha minha ONÃ SILVA
Bote fé no sindicado, ele tem atitude é fato ... ONÃ SILVA
Cordel do trabalhador - do labor ao burnô Onã Silva
Cronistas, Contistas e Poetas Contemporâneos ... Autores diversos
Enfermagem com poesia: a arte sensível do cui... Autores diversos
Enfermagem, simbora! Vamos lutar pelas 30 hor... ONÃ SILVA
Federação Nacional põe o bloco da enfermagem ... ONÃ SILVA
Grandes Enfermeiras - Quadrinhos Onã Silva
Histórias da enfermagem no universo de cordel... Onã Silva
Histórias da enfermagem no universo de cordel... ONÃ SILVA
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
https://www.facebook.com/pages/Cuidarte-Livros-e-artigos-liter%C3%A1rios/334396023412336?ref=hl