Gerente de Projetos Educacionais - Palestrante
 R  E  V  I  S  O  R
 Revisor gramatical de teses, dissertações e livros
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Na natureza humana algo se perdeu
Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.
Antoine Lavoisier
 
            No intuito de discorrer sobre a natureza humana, peço respeitosamente licença ao “pai” da química moderna para fazer uma discordância, pois nesta tivemos duas lamentáveis e grandes perdas no presente século: a perda da moral e a perda do respeito. Nem aquela nem este se transformaram, mas foram realmente perdidos. E o interessante é que algo se criou em seu lugar: absolutamente nada que preste para o ser humano civilizado.
            Quando me refiro à moral, considero o sentido dado ao substantivo feminino por Houaiss, em seu dicionário, como um “conjunto de valores como a honestidade, a bondade, a virtude etc., considerados universalmente como norteadores das relações sociais e da conduta dos homens”, e ao sentido dado por Sacconi, ao substantivo masculino, como “vergonha, brio”. É exatamente isso que a humanidade praticamente perdeu ao longo das últimas décadas, e que pode ser visto, em nosso país, no meio artístico - especialmente na televisão -, nos meios político e empresarial, na juventude, e por aí vai. Existem até mesmo educadores sem moral algum(a).
            O respeito, segundo definição de Sacconi em seu Grande Dicionário, é o “sentimento espontâneo que leva alguém a ter consideração, admiração ou estima por uma pessoa, em vista de sua idade, sabedoria, superioridade hierárquica, etc.”. Este também é outro bem precioso que está em falta em todos os lugares. Há desrespeito dos filhos para com os pais e dos alunos para com os professores; dos mais jovens para com os mais velhos; de hospitais para com os enfermos; de religiosos para com os fiéis; de patrões para com os empregados; de manifestantes idiotas para com o patrimônio público e as autoridades; de radicais medíocres para com o ponto de visto dos outros; e uma infinidade de falta de respeito na sociedade como um todo, independente da idade e da condição sociocultural, que, se aqui for listar, este artigo se estenderá por longas páginas.
            Infelizmente, o que se criou no lugar é de valor algum. Aliás, faltam valores - quer alguns gostem ou não -, nessa sociedade na qual tudo se tornou relativo, não existe diferença entre o certo e o errado, não há mais verdade absoluta. Simplesmente virou uma desordem, bagunça, confusão – fazendo uma tríade para reforçar. Não vou dizer anarquia, pois, na anarquia, como teoria política, o indivíduo, mesmo se desenvolvendo livremente, emancipado, é um ser humano responsável; portanto, há ordem e respeito.
            Destarte, carece que repensemos nosso valores morais e éticos, retomando os princípios universais que norteiam as relações, e passemos a humanidade a limpo.
Maurício Apolinário
Enviado por Maurício Apolinário em 14/12/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

"Uma escola relevante é uma escola que contribui com a transformação da comunidade na qual está inserida." (Prof. Maurício Apolinário)
..REVISÃO GRAMATICAL DE TEXTOS Maurício Apolinário
.A Arte da Guerra para Professores - 1ª ed. Maurício Apolinário
.Bolinha, meu coelho Maurício Apolinário
.Limites na sala de aula: emoções, atitudes e... Maurício Apolinário
.Simplesmente namorada Maurício Apolinário
.Um prato de comida Maurício Apolinário
A derrota de Penina Onã Silva
A Literatura das Mulheres da Floresta Autores diversos
A Quadradinha de Gude Onã Silva
A quadradinha de gude - 2ª ed. ampliada Onã Silva
Anjinho minho... mãezinha minha ONÃ SILVA
Bote fé no sindicado, ele tem atitude é fato ... ONÃ SILVA
Cordel do trabalhador - do labor ao burnô Onã Silva
Cronistas, Contistas e Poetas Contemporâneos ... Autores diversos
Enfermagem com poesia: a arte sensível do cui... Autores diversos
Enfermagem, simbora! Vamos lutar pelas 30 hor... ONÃ SILVA
Federação Nacional põe o bloco da enfermagem ... ONÃ SILVA
Grandes Enfermeiras - Quadrinhos Onã Silva
Histórias da enfermagem no universo de cordel... Onã Silva
Histórias da enfermagem no universo de cordel... ONÃ SILVA
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
https://www.facebook.com/pages/Cuidarte-Livros-e-artigos-liter%C3%A1rios/334396023412336?ref=hl