Gerente de Projetos Educacionais - Palestrante
 R  E  V  I  S  O  R
 Revisor gramatical de teses, dissertações e livros
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

TEXTO -  O que contam os adultos?
 
                                                 Maurício Apolinário
 
             Quando eu cheguei eles estavam contando. Diante de minha minúscula pessoa pararam de contar.
             Por que não contam? Pois vão ter que continuar contando depois. Daqui não saio.
            Mudaram de assunto. Contaram outras coisas. Mas as horas passaram e tive que ir ao banheiro. Não precisa contar o que fui fazer, não é? Pois bem. Ficaram os três sozinhos lá na sala, e riam muito. Eu ouvia. Contava animado que eu já desejava saber. Segredos não eram comigo. E pra que criança ter segredo? Só que não contei pra ninguém o autor daquilo que aconteceu lá em casa. No final conto a vocês.
            Intrigavam-me as risadas. Terminei o banho, vesti a roupa velha e me escondi atrás da porta.
            Puxa vida! Mesmo? Ah, não! Cruzes! Só os adultos pra fazerem isso. Que coisa horrível! Era uma das coisas que eu mais detestava: o cochicho. Num dava pra ouvir nada...
            Até hoje não sei o que contavam.
                                           APOLINÁRIO, Maurício. In.: Um prato de comida. Goiânia: Editora Oriente, 1979. p. 47.

1. Compreensão do texto.

    a) Quem narra a história: um menino ou um homem adulto?
       
    b) Que frase do 3º parágrafo comprova a resposta anterior?
     
    c) Onde se passa a história, de acordo com algumas ações do narrador?
       
    d) O que aconteceu quando o narrador chegou?

    e) Que decisão tomou o narrador diante da atitude das pessoas?

       
    f) O que as pessoas fizeram, então?
       
    g) O que interrompeu o que o narrador estava decidido a fazer?
      
    h) Do lugar onde se encontrava, o que tanto intrigava o narrador?
       
    i) Que detalhe do texto leva-nos a deduzir que o narrador era pobre?
 
     j)  No último parágrafo, o narrador tece uma crítica aos adultos. O que eles
        faziam que ele tanto detestava?

2.  Gramática do texto:
  a) No primeiro parágrafo,o adjetivo "minúscula" refere-se a qual substantivo?
  b) Retire do terceiro parágrafo um numeral.
  c) No terceiro parágrafo, que adjetivo o narrador-personagem emprega para
      caracterizar a roupa que vestiu após o banho?

  d) O substantivo criança pode ser classificado como sobrecomum ou
       comum de dois gêneros?

   e) Quanto ao gênero, o substantivo autor é uniforme ou biforme? Dê o seu
       feminino.

    f) Escreva o plural do substantivo autor:
    g) Escreva o plural do adjetivo horrível.
    h) Copie do quinto parágrafo um artigo definido, masculino, plural, e um artigo indefinido, feminino, singular.

    

 
Maurício Apolinário
Enviado por Maurício Apolinário em 18/08/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

"Uma escola relevante é uma escola que contribui com a transformação da comunidade na qual está inserida." (Prof. Maurício Apolinário)
..REVISÃO GRAMATICAL DE TEXTOS Maurício Apolinário
.A Arte da Guerra para Professores - 1ª ed. Maurício Apolinário
.Bolinha, meu coelho Maurício Apolinário
.Limites na sala de aula: emoções, atitudes e... Maurício Apolinário
.Simplesmente namorada Maurício Apolinário
.Um prato de comida Maurício Apolinário
A derrota de Penina Onã Silva
A Literatura das Mulheres da Floresta Autores diversos
A Quadradinha de Gude Onã Silva
A quadradinha de gude - 2ª ed. ampliada Onã Silva
Anjinho minho... mãezinha minha ONÃ SILVA
Bote fé no sindicado, ele tem atitude é fato ... ONÃ SILVA
Cordel do trabalhador - do labor ao burnô Onã Silva
Cronistas, Contistas e Poetas Contemporâneos ... Autores diversos
Enfermagem com poesia: a arte sensível do cui... Autores diversos
Enfermagem, simbora! Vamos lutar pelas 30 hor... ONÃ SILVA
Federação Nacional põe o bloco da enfermagem ... ONÃ SILVA
Grandes Enfermeiras - Quadrinhos Onã Silva
Histórias da enfermagem no universo de cordel... Onã Silva
Histórias da enfermagem no universo de cordel... ONÃ SILVA
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
https://www.facebook.com/pages/Cuidarte-Livros-e-artigos-liter%C3%A1rios/334396023412336?ref=hl